Capa » Porque o Senhor é bom; a sua benignidade dura para sempre, e a sua fidelidade de geração em geração

Porque o Senhor é bom; a sua benignidade dura para sempre, e a sua fidelidade de geração em geração

Por Elsie Gilbert

Benignidade que dura para sempre. Não conseguimos imaginar esta característica de Deus porque tudo ao nosso redor se estraga, até o nosso próprio corpo. A bondade de Deus nunca deteriora, não se perde, não definha, não morre. E é por isto que podemos confiar nela. A bondade de Deus independente do que fazemos ou deixamos de fazer. Nós não a merecemos. Ele não deve nada a nós e é por isto que a sua bondade é conhecida por nós como misericórdia.

Quando Maria recebeu o anúncio do anjo Gabriel, notícia bombástica capaz de virar o mundo de uma moça de ponta-cabeça, não há dúvida que ela estremeceu. Mas a sua resposta foi confiança incondicional na bondade de Deus. Se Deus é bom, não há nada a temer. “Eis aqui a serva do Senhor; cumpra-se em mim segundo a tua palavra.” Lc 1.38

Veja como ela compreende um acontecimento que para a sua cultura tinha outro nome: adultério. Quando Deus realiza algo na sua vida, suas duas primeiras reações se parecem com as de Maria?

Primeira reação: Deus é bom… portanto aqui estou, cumpra-se em mim segundo a tua palavra.

Segunda reação: Deus é dono da história. As coisas não acontecem por acaso. Ele agiu, age e agirá sempre com misericórdia para os que o temem, de geração em geração. santo é o seu nome! É exatamente esta a sua interpretação, evidente no seu canto registrado em Lucas.

Minha alma engrandece ao Senhor
e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador,
pois atentou para a humildade da sua serva.
De agora em diante, todas as gerações me chamarão bem-aventurada,
pois o Poderoso fez grandes coisas em meu favor; santo é o seu nome.
A sua misericórdia estende-se aos que o temem, de geração em geração.
Ele realizou poderosos feitos com seu braço;
dispersou os que são soberbos no mais íntimo do coração.
Derrubou governantes dos seus tronos, mas exaltou os humildes.
Encheu de coisas boas os famintos, mas despediu de mãos vazias os ricos.
Ajudou a seu servo Israel, lembrando-se da sua misericórdia
para com Abraão e seus descendentes para sempre, como dissera aos nossos antepassados". Lc 1.46-55

Ore
1. Declare-se uma pessoa bem-aventurada e faça uma lista das muitas razões pelas quais você pode afirmar isto para Deus.

2. Declare mais uma vez as características que tornam Deus merecedor de toda a sua adoração.

3. Deus age na história muito antes da sua história pessoal começar. Você consegue ver a mão dele no seu caminho? Agradeça pelo que ele já fez na sua vida e nada dos seus familiares e amigos.

4. Deus estará presente nas próximas gerações. Entregue a ele o futuro dos seus filhos, filhas, netos e netas, sobrinhos e sobrinhas. Não há maldade na terra capaz de ofuscar ou invalidar a bondade de Deus. Peça ao Senhor para se revelar de forma poderosa na vida dos seus.

Participe do  Mutirão Mundial de Oração 2018clique aqui!