Capa » Artigos » O que a Bíblia diz sobre o sofrimento das crianças

O que a Bíblia diz sobre o sofrimento das crianças

como_prevenir1O escritor e conferencista Leo Buscaglia contou uma vez sobre uma situação que teve de julgar. O objetivo do teste era encontrar a criança mais carinhosa. A vencedora foi uma criança de quatro anos que tinha como vizinho um senhor mais velho que, naqueles dias, havia perdido a esposa. Vendo o senhor chorar, o garotinho foi até o quintal do vizinho e sentou-se no seu colo. Quando a mãe da criança perguntou o que ele tinha dito ao vizinho, o garotinho respondeu: “Nada, eu só o ajudei a chorar.”

A VISÃO BÍBLICA SOBRE O SOFRIMENTO

Todos nós que trabalhamos com crianças em risco entramos em contato com o sofrimento todos os dias e, provavelmente, já pensamos, oramos e usamos as Escrituras para achar um sentido para aquilo que pensamos e vimos. “Crianças em risco” é, de certa forma, uma descrição não muito precisa, porque muitas crianças não estão simplesmente em risco: elas, na verdade, estão sofrendo.

Recentemente, minha esposa, que está trabalhando com famílias infectadas com HIV/Aids, me contou sobre uma família que estava recebendo ajuda. O marido havia morrido e deixado a esposa com quatro filhos. Mesmo a esposa sabendo que as crianças poderiam ser ajudadas, ela as vendeu. Os funcionários do centro não conseguiram entender o porquê, pois ela recebeu pouco dinheiro e o centro tinha decidido ajudá-la. Depois, ao ser questionada, ela perguntou por que seus filhos tinham de ter uma vida melhor do que a terrível vida que ela teve. Os funcionários ficaram pasmos. Que tipo de sofrimento leva uma mulher a vender seus próprios filhos quando a segurança deles está nas suas mãos? Por quais sofrimentos aquelas crianças passarão ao serem expostas à exploração sexual e ao crime organizado?

Como Jesus se manifestou em relação ao sofrimento que viu entre as crianças? Jesus curou um garoto com espírito maligno (Lc 9.37-45) e, enquanto os discípulos ainda estavam maravilhados, Ele contou aquilo o que aconteceria com Ele, do seu sofrimento por ser “traído nas mãos dos homens”. Pareceria estranho trazer aquilo à tona naquele momento se não houvesse um objetivo. Que objetivo seria? Seria, de alguma forma, relacionar seu próprio sofrimento com o sofrimento das crianças?

 

Clique aqui e leia o texto completo (em pdf).

    • Sobre o autor(a):

    • Coleen Houlihan

    • Sobre o autor(a):

    • Glenn Miles

O escritor e conferencista Leo Buscaglia contou uma vez sobre uma situação que teve de julgar. O objetivo do teste era encontrar a criança mais carinhosa. A vencedora foi uma criança de quatro anos que tinha como vizinho um senhor mais velho que, naqueles dias, havia perdido a esposa. Vendo o senhor chorar, o garotinho foi até o quintal do vizinho e sentou-se no seu colo. Quando a mãe da criança perguntou o que ele tinha dito ao vizinho, o garotinho respondeu: “Nada, eu só o ajudei a chorar.” A VISÃO BÍBLICA SOBRE O SOFRIMENTO Todos nós que trabalhamos com ...

Revisão

Avalie: 4.45 ( 1 votes)
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*