Capa » Artigos » Jesus nas Favelas Urbanas

Jesus nas Favelas Urbanas

Onde está o sábio? Onde está o erudito? Onde está o questionador desta era?…. Jesus Cristo,o qual se tornou sabedoria de Deus para nós (1 Cor 1:20,30).

Sem_Jesus_Favelas1BEu estava em Manilha no lançamento do mestrado acadêmico em Liderança Urbana Transformacional, pregando sobre a passagem acima e o contraste entre a educação ao estilo de Jesus e a educação acadêmica. Pois Jesus foi um educador – uma mentalidade brilhante – que reuniu discípulos ao seu redor.

Ele conhecia os sistemas filosóficos dos gregos e podia ter ensinado entre eles. Pois cresceu na Decápolis (as 10 cidades gregas) e viveu perto de Sapporis, uma das cidades mais importantes, onde todas as filosofias do mundo se encontravam. Talvez tenha trabalho lá. Mas escolheu uma metodologia diferente para seu processo educativo, que envolvia ação-reflexão mais do que filosofia, e era feito de histórias do povo, de provérbios e parábolas na medida em que interagiam com a história de Deus e os enigmas da trindade.

Para seguir Jesus no contexto do Século XXI, este mestrado acadêmico é uma etapa de ação-reflexão construída em torno de um processo que eu chamo de Conversas Transformacionais, um processo de discernir a verdade por meio da narração de histórias holísticas. Alguns acadêmicos acham que isso não é kosher [adequado]. Essa verdade só poderia ser encontrada por meio da lógica de Platão. O mesmo argumento que Paulo seguia. Jesus era mais inteligente.

Seu curso começava com 40 dias de jejum e oração, então assim vamos começar comEspiritualidade Urbana. Depois, no poder do Espírito ele começou a pregar, montou uma equipe de discípulos, elementos de Implantando a Igreja Urbana Pobre. O que ele pregava era o Reino de Deus, por isso o panorama das escrituras, Escritos, Reino e Realidades, com especial referência ao Reino de Deus, pobreza, opressão, estruturas sociais, e outras questões para moradores de favelas.

É claro que seu foco declarado eram os pobres. De fato, uma outra aula será sobre Resgatando os Marginalizados –, prostitutas, crianças de rua, viciados em drogas. Ele entendeu os problemas da época. O que você acha que um líder rebelde como Simão, o Zelote, e o cobrador de impostos discutiram na ceia junto com o filho de uma família importante, João? Jesus discutia maneiras de entender os sinais dos tempos, assim uma aula sobre Realidades Urbanas e Teologia ajuda os alunos a entenderem o contexto da pobreza.

Ele esperava que seus discípulos dessem muitos frutos. Liderança de Movimento agarra a multiplicação. Jesus se interessava muito pelos ricos. De fato, Nicodemos foi até ele porque ele cuidava dos pobres – questões de Advocacia e Justiça ligando ricos e pobres, foram importantes para ele. E ele estava envolvido em curar, tratar dos leprosos, por isso uma aula sobre Saúde e Primeiros Cuidados para vítimas de HIV/AIDS.

Um quarto de seus ensinamentos era sobre economia, por isso Economia Comunitária e uma aula sobre Gerenciamento Empresarial junto com o desdobramento Educação na Favela, de modo que cada pastor possa treinar seu presbitério em pequenos negócios e cada igreja possa se tornar uma unidade econômica viável e resolver a barreira da propriedade por meio de uma escola associada. Tudo isso e muito mais se integra com o aconselhamento de implantadores de igrejas e por líderes de ministérios em aulas de Educação de Campo. Como precisamos interagir com os acadêmicos, a reflexão é refinada na aula final de Integração do projeto ou tese.

Esta é a nossa humilde tentativa de seguir o estilo de educação de Jesus nas favelas: levar o seminário às favelas.

    • Sobre o autor(a):

    • Viv Grigg

      foi o pioneiro no trabalho entre os pobres de Manila. Mestre em missiologia pela Fuller School of World Missions e doutor pela Auckland University, é diretor da Urban Leadership Foundation.
Onde está o sábio? Onde está o erudito? Onde está o questionador desta era?…. Jesus Cristo,o qual se tornou sabedoria de Deus para nós (1 Cor 1:20,30). Eu estava em Manilha no lançamento do mestrado acadêmico em Liderança Urbana Transformacional, pregando sobre a passagem acima e o contraste entre a educação ao estilo de Jesus e a educação acadêmica. Pois Jesus foi um educador – uma mentalidade brilhante – que reuniu discípulos ao seu redor. Ele conhecia os sistemas filosóficos dos gregos e podia ter ensinado entre eles. Pois cresceu na Decápolis (as 10 cidades gregas) e viveu perto de Sapporis, uma ...

Revisão

Avalie: Seja o primeiro a avaliar
0

Um comentário

  1. Texto excelente, Irmão! Que O Bom Deus te abençoe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*