Capa » Relatórios » Denúncias ao Disque 100 crescem 78%

Denúncias ao Disque 100 crescem 78%

Disque_Cem-NamaocertaO Disque Denúncia Nacional de Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, conhecido como Disque 100, registrou aumento de 78% no total de denúncias recebidas no primeiro semestre deste ano comparado com igual período de 2007. De janeiro a junho de 2008, o serviço recebeu um total de 20,1 mil casos. Isso representa uma média diária de 93 denúncias. No mesmo período do ano passado, foram 63 denúncias por dia, ou 11,2 mil casos relatados. Se a média se mantiver, o Disque deverá superar em muito o total de 2007 (25,5 mil denúncias).

“As pessoas estão menos tolerantes com esse tipo de crime e denunciando mais, isso explica o aumento”, afirma Leila Paiva, coordenadora do Programa Nacional de Combate a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes da SEDH.

O serviço é coordenado e executado pela Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República (SEDH/PR), em parceria com a Petrobras e o Centro de Referência, Estudos e Ações sobre Crianças e Adolescentes (Cecria). As principais vítimas são as mulheres. Cerca de 61% das denúncias correspondem a crianças ou adolescentes do sexo feminino.

A região nordeste é a campeã de denúncias (33,4 % do total), seguida pelo sudeste (32,2%) e sul (13,6%), respectivamente. São Paulo e Bahia são os estados com maior quantidade de casos. O primeiro saltou de 1,1 mil denúncias no primeiro semestre de 2007 para 2,3 mil neste ano. Já os baianos registravam 959 casos no período citado do ano passado e passaram para 1,8 mil em 2008. Porém, se for levada em conta as denúncias por número de habitantes, os paulistas ficam na última colocação.

Sobre o tipo de denúncia, duas categorias ocupam o topo da lista: a negligência, com 35% do total dos casos, e a violência (psicológica e física), 34%. O Disque 100 recebe todos os tipos de denúncia sobre violações dos direitos da criança e do adolescente. Desde 2003, quando o serviço passou a ser gerenciado pela SEDH, o Disque recebeu e encaminhou mais de 72 mil denúncias.

O serviço funciona diariamente das 8h às 22h, inclusive finais de semana e feriados. Os atendentes recebem e encaminham as denúncias para os órgãos competentes da cidade ou do estado. Não é necessário se identificar, mas mesmo se a pessoa o fizer o serviço garante o sigilo absoluto.

As denúncias podem ser feitas de todo o Brasil simplesmente discando o número 100. A ligação é gratuita. Quem preferir pode usar o endereço eletrônico: disquedenuncia@sedh.gov.br

Fonte: Secretaria Especial de Direitos Humanos

Para ler Relatório do Disque 100, clique aqui.

Para ler Cartilha do Disque 100, clique aqui.

Fonte: Agência de Informação Frei Tito para América Latina – ADITAL. Denúncias ao Disque 100 crescem 78% no primeiro semestre de 2008. 26 ago 2008.

Foto: Na mão certa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*