Capa » Artigos » Defensores da Causa (Página 3)

Defensores da Causa

Enfrentando o infanticídio:

Introdução Convivemos com profundas disparidades, desigualdades e perversidades ao lado de uma grande evolução nos recursos científicos e tecnológicos A área da saúde é uma das mais afetadas: por um lado, promissores tratamentos, medicamentos inteligentes, técnicas cirúrgicas mais eficazes e menos invasivas, terapias gênicas. De outro lado, milhares de pessoas não têm acesso à mais elementar assistência em saúde, nem ... Leia Mais »

Vamos Cuidar do Brasil

Somos jovens estudantes de diferentes regiões do Brasil na III Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente. Pequenos guerreiros da paz com o mesmo propósito e o mesmo desejo: cuidar do Brasil, mobilizando a população brasileira sobre as mudanças ambientais globais. Reconhecemos o panorama ambiental nacional e nos comprometemos a lutar e defender o meio ambiente, não apenas buscando o conhecimento ... Leia Mais »

A estranha teoria do homicídio sem morte

Alguns antropólogos e missionários brasileiros estão defendendo o indefensável. Através de trabalhos acadêmicos revestidos em roupagem de tolerância cultural, eles estão tentando disseminar uma teoria no mínimo racista. A teoria de que para certas sociedades humanas certas crianças não precisariam ser enxergadas como seres humanos. Nestas sociedades, matar essas crianças não envolveria morte, apenas “interdição” de um processo de construção ... Leia Mais »

Jenga, a culpa do rico e as desculpas do pobre

Em um evento recente no Texas, à pergunta de um jovem estudante sobre o que fazer para mudar a mentalidade de um viciado em drogas que mendiga nas ruas, Ramachandra rebateu perguntando por que as pessoas sempre questionam o pobre, e não o rico, quando se trata de mudanças. Vinoth Ramachandra é o secretário de IFES para o Diálogo e ... Leia Mais »

República, infância e adolescência

A Monarquia brasileira deu o seu último suspiro no dia 15 de novembro de 1889. O velho regime, marcado por uma profunda crise política, econômica e social, não resistiu à pressão para que o Brasil se tornasse uma República, que, depois de proclamada, não tardou em ser alvo de críticas, inclusive de republicanos históricos, principalmente por causa da falta de ... Leia Mais »

A importância de contar histórias

A história de uma pessoa não está relacionada apenas a um fato ou acontecimento. Ela é construída e reconstruída o tempo todo. Uns se detêm aos fatos familiares, outros a vida conjugal, e assim todos têm uma história própria. Porém, a história não é construída isoladamente. Uma pessoa, por exemplo, tem várias histórias para contar, seja ela relacionada à escola, ... Leia Mais »

Dever de educar

A Constituição da República de 1988 dispõe, no art. 227, que “É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança e ao adolescente, com absoluta prioridade, o direito à (…) educação”. No mesmo passo, o Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei 8.069/90), no art. 33, expressa que “A guarda obriga a prestação de assistência material, moral ... Leia Mais »

Sobre identidade e diferenças nas escolas

A inclusão rompe com os paradigmas que sustentam o conservadorismo das escolas, contestando os sistemas educacionais em seus fundamentos, questionando a fixação de modelos ideais e a normalização de perfis específicos de alunos, a seleção dos eleitos para freqüentar as escolas e com isso produzir identidades e diferenças, inserção e/ou exclusão. O poder institucional que preside a produção da identidade ... Leia Mais »

Maltrato infantil é prática tolerada

Meninos, meninas e adolescentes menores de 18 anos na América Latina e Caribe sofrem cotidianamente maltrato físico ou psicológico, e um alto percentual de adultos pensa que se trata de uma prática normal de educação e socialização. Pesquisas realizadas em 16 países da região indicam que altas percentagens de adultos – em alguns casos superiores a 80% – consideram natural ... Leia Mais »

Vivemos num tempo de “gente sem”

O descaso e a indiferença têm dominado a mentalidade daqueles que julgam que o amor é um fim em si mesmo e não um caminho que exige desprendimento, perseverança, renúncia, responsabilidade, devoção, atenção, ternura, compaixão, boa vontade, sacrifício, doação, paciência, fidelidade e compromisso. Nesse sentido, milhares de filhos têm sido vítimas de um modelo social que banalizou o casamento em ... Leia Mais »