Capa » A Rede

A Rede

Como trabalhamos?

Os 36 parceiros institucionais da Rede Mãos Dadas trabalham com o objetivo de fortalecer a resposta cristã dada aos problemas vividos pelas crianças e adolescentes mais vulneráveis. Trabalhamos para:

Parceiros presentes no Encontro Anual, em Belo Horizonte, 2010

Unir – Somos uma rede de instituições, igrejas e pessoas unidas pela mesma fé. Nos preocupamos pela mesma
Capacitação Claves Brasil causa, a criança, e nos articulamos em ações de cooperação.
Informar – Publicamos periódicos e mantemos uma plataforma de comunicação na internet
Mobilizar – Promovemos campanhas de oração e de mobilização da sociedade para a promoção dos bons tratos para com a criança.
Capacitar – Promovemos  lgumas metodologias importantes para o enfrentamento das questões mais críticas vividas pelas crianças e adolescentes. Hoje, as duas metodologias promovidas pela rede são: Programa Claves e Um Lugar Seguro

Quais são os eixos temáticos da rede?

A mobilização da igreja – Acreditamos que cada comunidade de fé cristã tem uma responsabilidade social pelas crianças daquela localidade

A reflexão teológica sobre a criança – Nossos líderes cristãos precisam levar a sério a ordem de Jesus de considerar a criança como um importante membro do seu reino, e incluí-la em nossas reflexões teológicas se quisermos ser fieis ao nosso mestre e relevantes para a sociedade que nos cerca

O fortalecimento do agente social cristão – Apoio a  pessoa cujo trabalho implica um contato constante com as crianças é fundamental . Incluímos no termos “agente social cristão” todos os profissionais de atenção básica à criança quer estejam envolvidos nas escolas, igrejas, postos de  saúde ou projetos sociais comunitários.

A promoção de políticas públicas e a defesa de direitos – reconhecemos a importância da ação do estado na garantia dos direitos das crianças e adolescentes

A integração regional – O Brasil é um país de grandes desigualdades. Uma delas está na concentração de recursos no sudeste em detrimento das demais regiões. Nossa ação de integração visa buscar ativamente a integração de organizações, igrejas, e pessoas envolvidas na causa de criança nos quatro cantos do Brasil de forma intencional e respeitosa das diferenças regionais.

Em 2007 os parceiros da Revista Mãos Dadas, reunidos em um Encontro Anual em Viçosa, decidiram constituir-se em um formato de rede, para que juntos pudessem abraçar outros projetos além da revista.  Em 2011 a gestão desta rede foi transferida da Editora Ultimato para a ONG Asas de Socorro, situada em Anápolis, GO. A Editora Ultimato continua envolvida na área de comunicação da rede.

O que pensamos sobre as causas dos problemas vividos pelas crianças?

Os parceiros da RMD criaram, em 2008, uma “árvore de problemas” como exercício para sintetizar o que acreditamos serem as causas dos problemas vividos pelas crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social no Brasil. Resumimos nossa reflexão da seguinte forma:

A grande maioria dos problemas sociais presentes no Brasil afeta, de forma profunda e persistente, a vida e a formação das crianças. Dentro do quadro geral mencionado acima, destacamos os seguintes fatores:

Na deteorização das relações infrafamiliares, são as crianças que sofrem mais de perto com a violência, os maus tratos e o abuso.

A enorme desigualdade social e regional existente no Brasil, com seu modelo socioeconômico injusto em que poucos concentram grande parte da riqueza do país, afeta a vida de milhões de crianças obrigadas a conviver com a miséria desde a mais tenra idade.

Uma estruturação social baseada na segregação e exclusão impede que as crianças tenham acesso a informações importantes dentro de suas comunidades e as mantém isoladas em guetos ou bolsões da pobreza.

Fenômenos naturais ligados a problemas ambientais como deslizamentos de encostas mal protegidas, enchentes que carregam os casebres construídos às margens dos rios, e a seca na região do semi-árido afetam as crianças diretamente.

Epidemias por falta de política preventiva fazem das crianças as maiores vítimas. No descaso público com o saneamento básico, são as crianças que sofrem as conseqüências: diarreia, verminoses, baixo peso, desnutrição, propensão a outras doenças oportunistas.

O desenvolvimento do crime organizado e a consequente luta do poder público contra o mesmo tem um grande impacto sobre as crianças que muitas vezes ficam no fogo cruzado entre a polícia e os traficantes. (Numa pesquisa realizada em 2007 pela Rev MD com 1.137 crianças beneficiárias das organizações parceiras, o terceiro maior medo, precedido apenas pelo medo de estar sozinha e o medo do escuro, foi o medo de tiroteio!)

A corrupção nas esferas governamentais tem como principal vítima a criança. Via de regra, o dinheiro público desviado para fins egoístas é roubado de programas sociais relacionados à educação, saúde, moradia e segurança alimentar.

O afastamento de Deus pela sociedade afeta a criança. O pecado e a ausência de uma cosmovisão cristã prejudicam diretamente a maneira de viver da criança, pois sua desvalorização como ser humano é consequência deste estado espiritual. O que a sociedade em geral pensa a respeito da criança modela até certo ponto a visão da criança com respeito a si mesma. As crenças sobre a criança podem transformá-la em um objeto e não em um sujeito de direitos.

A falta de visão e ação profética da igreja na sociedade torna sua ação inócua no enfrentamento dos problemas sociais vividos por vários setores mais oprimidos. A igreja se omite como comunidade do povo de Deus em obediência integral e deixa de testemunhar a respeito do Deus Triuno e de sua salvação integral.
Estes fatores foram destacados no documento “Árvore de Problemas”, criado em 2008 pelos parceiros da RMD,

Quais são os valores e crenças que orientam o trabalho realizado pela rede?

Valorizamos os seguintes princípios:

Trabalho em rede como expressão da unidade cristã.

Trabalho com e pela Igreja. Jesus nos convocou a “Deixar vir as crianças” e nos alertou sobre o problema de negligenciar os pequeninos. Queremos, como cristãos, levantar nossa voz em favor da criança e acreditamos que este é um papel importante da Igreja, se esta quiser ser sal e luz em nossos dias.

O valor de criança. Acreditamos na importância de ouvir, incluir e respeitar a participação de crianças e adolescentes na resolução de  situações que lhes dizem respeito, inclusive nos assuntos que afetam a sociedade como um todo.

A importância da sinergia na resposta cristã aos problemas vividos pelas crianças.

Temos história, experiência, recursos, lições aprendidas, metodologias desenvolvidas, espalhadas pelos quatro quantos do Brasil. Tudo isto precisa ser compartilhado e aproveitado se quisermos melhorar a resposta dada aos problemas das crianças.

A importância das boas práticas no trabalho social. Precisamos estabelecer padrões básicos de atendimento e buscar a excelência em nossas ações.

Como sua instituição ou igreja pode se unir a nós?

Envie um recado cadastre-se manifestando seu interesse em unir-se a nós.
Entraremos em contato com você!

17 comentários

  1. Boa noite, gostaria de conheceer o trabalho de vocês.
    Faço medicina , e pretendo fazer a residencia em pediatria , e quero usar a profissão que Deus me deu para trabalhar na obra dEle.
    Vi que vocês trabalham com crianças , e me interessei .

    • Querida Andreza, bom dia!
      A Rede Mãos Dadas agradece o seu contato.
      Trabalhamos no fortalecimento de crianças e adolescentes em situação de risco. Hoje atuamos através do nosso blog, pulicando artigos relacionados a causa da criança. Visite o nosso blog aqui: http://ultimato.com.br/sites/maosdadas/
      Um forte abraço de toda a nossa equipe.

  2. Vocês oferecem cursos para aperfeiçoar professores?

    • Querida Neuracy, bom dia!
      A Rede Mãos Dadas agradece o seu contato.
      De qual curso especificamente você precisa para aplicar com os professores?
      Aguardamos o seu retorno.

  3. Gostei muito da proposta de trabalho apresentada. De que maneira posso me inserir neste projeto?
    Sou pedagoga, piscopedagoga e educadora cristã. Seria muito gratificante participar.
    Ficarei no aguardo…

  4. Olá achei interessante a proposta de trabalho sou aluna do primeiro semestre de serviço social, e gostaria de interagir com o trabalho de vocês, tenho interesse em ajudar seria gratificante para mim em fazer parte desta causa, e aprender bastante com vocês. aguardo resposta

  5. Olá! Trabalho em um Centro comunitário com crianças em risco e vulnerabilidades social. Somos mantidos por uma igreja evangélica. Gostaria de receber informações sobre sua rede e como podemos firmar contato par ao auxílio das nossas crianças.

  6. Somos uma ong cristã que atua em duas frentes:

    1. Abrigo Institucional – casa para até 20 crianças e adolescentes em medidas protetivas.

    2. CAF – Centro e Atenção a Família – Psicoterapia, Terapia Pastoral, Aconselhamento etc.

    Grato,

    daguimar

  7. A Associação Para o Apoio e Desenvolvimento das Igrejas – ADESI, é uma Associação Cristã, que visa o empoderamento das mulheres principalmente, e apoio no desenvolvimento das igrejas.

    Atenciosamente

    Ana Cláudia Matavele

  8. Boa noite, gostaria de conhecer o trabalho de vocês.
    Sou Pastor em uma Igreja em Brasília, líder juntamente com minha esposa, atuando no Ministério Infantil da nossa Igreja. Vi que vocês trabalham com crianças , e me interessei .

  9. Olá, sou estudante de Serviço Social e lendo sobre o trabalho de vocês, fiquei muito interessada em trabalhar com esse projeto em minha Igreja.

  10. ana rita cassia sampaio

    Boa noite. Estive com alguns de voces na Igreja Aliança Missionária em São Paulo, juntamente com a Kairós e alguns missionários do Programa, assim como Viv Griv, que desenvolveu trabalho nas favelas. Gostaria de voltar a ter contato com voces, eventos em São Paulo e atualmente estou cursando Serviço Social, gostaria de utilizar esse dom para o Reino, criar projetos. Grata

  11. Olá boa tarde!
    sou membro da igreja cristã Evangélica( AICEB) em Belém do Pará. Já Fiz o curso pelo projeto ARCA- No AVA em Belem- Pará. No ano de 2005 aproximadamente. Sou educador, Pedagogo e Psicopedagogo. Atua no Colégio Palavra da Vida no Norte e no Cefs em Ananindeua. Tenho interesse de atua nessas escolas fazendo uso do projeto- calçada (bolsa verde).Como posso fazer para reintegrar ao ministério?

    • Olá Geraldo! Agradecemos seu contato! A responsável pelo Projeto Calçada, é a Luciana Falcão. Enviamos o contato dela para o seu e-mail! Qualquer dúvida, entre em contato novamente. Forte abraço!

  12. Bom dia,

    Agora em dezembro um grupo de amigos se juntaram para fazer uma campanha de arrecadação para comprar brinquedos e distribuir, mas como ongs, orfanatos etc ja são assistidas, nós queremos dar para crianças que moram nas ruas, que por sua vez passam fome e frio e não tem a oportunidade de receber um presente de natal, é só o começo desta campanha, depois vamos distribuir lanches a noite e cestas básicas, sabemos que não é muito, mas um pouco que podermos ajudar sei que Deus vai estar a frente.
    Mas o que queremos é que se tiverem sugestões de lugares onde encontraremos o máximo de crianças que moram nessas condições nos informar para que possamos no dia entregar.

    • Olá Ana Caroline! Que iniciativa maravilhosa! Parabéns a todos! Agradecemos muito seu contato! Enviei um e-mail para você, para conversarmos melhor. Verifica, por gentileza! Aguardo seu retorno! Forte abraço! Deus vai estar a frente, com certeza!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*