Capa » Artigos » A missão de Paulo

A missão de Paulo

missaopaulo

Paulo, depois de muito trabalho, conseguiu a fota que que Kamilly lhe pediu

Todos os projetistas do Ide saíram de suas casas com uma missão, mas Paulo, do Rio Grande do Sul, foi até a Amazônia com uma missão especial. O desafio foi dado por sua filha Kamily, de quatro anos.

Paulo não teria apenas que viajar cerca de quatro mil quilômetros de avião e barco, pregar o Evangelho ou encarar os Carapanãs, o pai Paulo tinha a missão de encontrar uma nova dona para a boneca que Kamily lhe entregou.

Mas, claro! Não era qualquer criança, era uma menina, que morasse na Amazônia em uma casa que o pai iria visitar para falar de Jesus e que tivesse poucos brinquedos. O pai deveria mostrar a foto de Kamily com a boneca e tirar uma foto com a menina que ganhou a boneca para levar de volta.
E a missão começa!

Paulo e seu grupo de evangelização saíram de Tapará Grande em uma “rabeta” rumo à comunidade vizinha de Tapará Miri, a dois igarapés de distância. Dona Fátima, da igreja Cristo é Vida, nos acompanhou nesse dia.

A primeira casa que Paulo visitou foi a do senhor Luciano, de 78 anos, casado, que criou 18 filhos, apenas quatro biológicos e que já pescou um Pirarucu de 102 quilos, limpo! Um dos filhos, Ribamar, de 32 anos, sentou-se conosco para ouvir a mensagem.

Após uma boa conversa, Paulo começou a falar de Jesus e de como Jesus queria mostrar sua graça na vida daqueles dois homens e suas famílias. A semente foi plantada, eles a receberam. Mas, Paulo só tinha cumprido metade da sua missão!

Ao chegarmos à beira do rio, a “rabeta” não estava lá, mas não podíamos esperar, já era o terceiro dia e Paulo ainda não havia encontrado uma dona para a boneca de Kamily. Fátima disse para irmos pelos caminhos no mato… A turma animada foi. Que aventura!

Depois de encarar matos altos e baixos, lama e andar sobre troncos nos rios, Paulo, Kazue, Tábata e Fátima chegaram à casa de Brás Ribeiro e dona Nizoca. Somos todos recebidos com muita alegria. A comunidade possui umas cinco casas, todas da família, que se junta na casa da dona Nizoca para nos ouvir.

Paulo olha ao redor e vê muitos meninos, “mas cadê a menina?”, ele pensa. Quando já estávamos no segundo café, aparece uma das netas da dona Nizoca, a Beatriz, de quatro anos. Paulo entende que era ela a menina que Deus tinha pensado quando Kamily lhe entregou a boneca. Paulo tenta fazer amizade, mas a menina é brava.

Enquanto as mulheres conversavam com os adultos, Paulo contava a história da pulseirinha colorida (livro sem palavras) para as crianças, que se encantaram, aprenderam e ganharam uma pulseirinha para contar a história para os amigos. Beatriz, já com a boneca, no colo do tio, deixa Paulo tirar a preciosa fotografia e… Missão cumprida. Desafios superados, evangelho pregado, boneca entregue e foto registrada. Paulo tem mais dois dias de trabalho, mas está muito feliz por ter cumprido a missão que Kamily lhe deu.

Ide, com missões especiais, como a dada por uma criança que revela o reino de Deus com muito mais facilidade que um adulto. Ide e pregai o evangelho a toda criatura, de qualquer povo, de qualquer estado, de qualquer idade.

Fonte: Asas de Socorro

    • Sobre o autor(a):

    • Tábata Mori

      jornalista e poetisa, coordenadora de comunicação de Asas de Socorro, voluntária da Rede Mãos Dadas, da Aliança Bíblica Universitária do Brasil.
Todos os projetistas do Ide saíram de suas casas com uma missão, mas Paulo, do Rio Grande do Sul, foi até a Amazônia com uma missão especial. O desafio foi dado por sua filha Kamily, de quatro anos. Paulo não teria apenas que viajar cerca de quatro mil quilômetros de avião e barco, pregar o Evangelho ou encarar os Carapanãs, o pai Paulo tinha a missão de encontrar uma nova dona para a boneca que Kamily lhe entregou. Mas, claro! Não era qualquer criança, era uma menina, que morasse na Amazônia em uma casa que o pai iria visitar para falar de ...

Revisão

Avalie: Seja o primeiro a avaliar
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*